Vivemos associados a rotinas

Atualizado: Jun 29

Ao longo da vida vamos desenvolvendo rotinas comportamentais como uma forma de organização interna (como melhor qualidade de sono e hábitos de alimentação) e externa (maior produtividade, por exemplo). Além de rotinas comportamentais, nossas vidas também são pontuadas por eventos que acontecem de forma rotineira (para muitos, o salário mensal; para outros, assistir às aulas presencialmente) ou eventual (a visita ao posto de saúde quando é preciso, a ida ao cabeleireiro ou o encontro de domingo na casa dos

familiares, por exemplo).

Durante o período da pandemia, nossas vidas mudaram drasticamente, e essa complexa estrutura que existe se transformou. Frente a todas essas mudanças de rotina, é esperado que muitos de nós apresentem algum nível de dificuldade durante o processo de adaptação.


Portanto, entre diversas possibilidades, é comum que se observe:


Esses acontecimentos tendem a influenciar uns aos outros. Por exemplo, ouvimos muitos relatos de pessoas que começaram a ficar mais tempo acordadas à noite no período da quarentena. Frequentemente, elas passaram a desenvolver hábitos associados, como comer guloseimas enquanto passavam mais tempo no computador. A fadiga crescente que se instala ao longo do tempo geralmente leva à impaciência, que acarreta mais conflitos

em casa e mais problemas com o sono, perfazendo um ciclo que pode se agravar com o tempo.

Se você perceber que algum ou mais de um desses eventos vem acontecendo na sua casa, não se preocupe demais: isso está acontecendo na casa de muitas pessoas. Tente não ser excessivamente exigente.


Afinal de contas, não estávamos esperando por uma situação tão repentina, concorda?


Às vezes, precisamos de algum tempo para que possamos nos reorganizar. Comece analisando um a um os aspectos que não estão funcionando bem e, utilizando-se de expectativas realistas para este momento, faça um plano. Se você precisar, temos uma série de sugestões para auxiliá-lo na organização dessa rotina provisória.

Além de enfrentarmos desafios, também é possível que você note oportunidades, tais como:


1. melhoria em hábitos de sono;

2. melhoria de hábitos alimentares, com maior disponibilidade para preparar os alimentos ou um pouco mais de tempo para se sentar à mesa;

3. dispor um pouco mais de tempo com a família;

4. desenvolver habilidades novas ou reconectar-se com habilidades antigas;

5. reconectar-se com amigos e familiares, através dos meios de

comunicação disponíveis.


Se você ou algum conhecido sente que está ansioso e precisa de apoio lidar com algum sentimento, o psicólogo é profissional indicado para ajudar a lidar com estas e outras situações. A saúde mental é uma parte integrante da saúde; na verdade, não há saúde sem saúde mental: #AmeSuaMente.


BAIXE O GUIA PRÁTICO AME SUA MENTE NAS ESCOLAS


Acompanhe nossas redes, estamos no Instagram e no Linkedin. Faça parte desse movimento e use a hashtag #AmeSuaMente.

Acompanhe nossas redes sociais

  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle

Faça parte desse movimento e use a hashtag #AmeSuaMente

Instituto Ame Sua Mente

Rua Marselhesa, 642

Vila Mariana, São Paulo, SP

CEP 04020-060

amesuamente@amesuamente.org.br