Quando devo buscar ajuda?

Atualizado: Jun 29



Primeiramente, queremos dizer a você que pedir ajuda não é um sinal de fraqueza. Na verdade, é uma prova de coragem e força!


- Cada pessoa reage a situações difíceis de maneira diferente. Cuidar da sua saúde emocional durante um momento de maior dificuldade o ajudará a pensar com maior clareza e a reagir às necessidades mais urgentes.


- Os sinais de que uma pessoa está atravessando um problema de saúde mental são caracterizados por um certo sofrimento, com o surgimento de algum tipo de prejuízo, e que se mantêm por breves períodos de tempo. Exemplos de problemas de saúde mental podem ocorrer durante o fim de um relacionamento, quando se perde alguém querido, em conflitos familiares, acúmulo de tarefas etc.


- Sentir-se moderadamente estressado, “nervoso” ou de “baixo-astral” tem sido comum e até, de certa forma, esperado frente aos desafios psicológicos e sociais com os quais estamos nos deparando. Alguns outros sinais característicos de um problema de saúde mental são a irritabilidade e alterações do sono e do apetite.


- A chave para a identificação desses problemas é o autoconhecimento. Uma pessoa que tem percepções mais elaboradas de si percebe rapidamente que está irritada porque não se alimentou, desatenta porque dormiu mal, e assim por diante.


- A importância de detectar os sinais de um problema de saúde mental se dá porque, a partir do momento em que alguém identifica esses sinais, pode tomar atitudes (muitas vezes simples mudanças de hábito e de conscientização) para restabelecer a “saúde”. Alguns dos exemplos de atitudes podem ser conversar mais sobre seus sentimentos, tomar cuidados com o sono, praticar técnicas meditativas ou exercícios físicos.

- Já um transtorno mental é um termo usado para descrever uma variedade de condições psicológico-psiquiátricas com reflexos emocionais e comportamentais, cuja intensidade, prejuízos e duração costumam ser bem maiores do que a dos problemas que citamos acima. Os transtornos mentais incluem os Transtornos de Ansiedade, de Humor, os Distúrbios

Alimentares, entre outros.

- Nesse estado (muito menos frequente que os estados de saúde e de problemas de saúde mental) a pessoa apresenta prejuízos mais debilitantes e começa a ter dificuldades de restabelecer um funcionamento saudável por conta própria. Felizmente, os transtornos mentais são diagnosticáveis e possuem diversos tratamentos eficazes; portanto, se

você suspeita que está apresentando um quadro de transtorno mental, peça ajuda. Além disso, se você conhece alguém que está atravessando esse tipo de situação, ofereça apoio para que a pessoa possa encontrar ajuda especializada.


Mantenha tratamentos médicos e psicológicos


- Não há saúde física sem saúde mental; ao mesmo tempo, a saúde mental depende, até certo ponto, da saúde física. Portanto, a manutenção de cuidados médicos é fundamental para a saúde mental positiva.


- Por outro lado, no caso de tratamentos psicológicos (psicoterapias) e psiquiátricos que se iniciaram antes da pandemia, é muito importante que a pessoa entre em contato com os especialistas para descobrir alternativas que viabilizem a manutenção desses cuidados. Para se aprofundar um pouco mais nesse assunto utilize link.- Primeiramente, queremos dizer a você que pedir ajuda não é um sinal de fraqueza. Na verdade, é uma prova de coragem e força!


- Cada pessoa reage a situações difíceis de maneira diferente. Cuidar da sua saúde emocional durante um momento de maior dificuldade o ajudará a pensar com maior clareza e a reagir às necessidades mais urgentes.


- Os sinais de que uma pessoa está atravessando um problema de saúde mental são caracterizados por um certo sofrimento, com o surgimento de algum tipo de prejuízo, e que se mantêm por breves períodos de tempo.


- Exemplos de problemas de saúde mental podem ocorrer durante o fim de um relacionamento, quando se perde alguém querido, em conflitos familiares, acúmulo de tarefas etc.


- Sentir-se moderadamente estressado, “nervoso” ou de “baixo-astral” tem sido comum e até, de certa forma, esperado frente aos desafios psicológicos e sociais com os quais estamos nos deparando. Alguns outros sinais característicos de um problema de saúde mental são a irritabilidade e alterações do sono e do apetite.


- A chave para a identificação desses problemas é o autoconhecimento. Uma pessoa que tem percepções mais elaboradas de si percebe rapidamente que está irritada porque não se alimentou, desatenta porque dormiu mal, e assim por diante.


- A importância de detectar os sinais de um problema de saúde mental se dá porque, a partir do momento em que alguém identifica esses sinais, pode tomar atitudes (muitas vezes simples mudanças de hábito e de conscientização) para restabelecer a “saúde”. Alguns dos exemplos de atitudes podem ser conversar mais sobre seus sentimentos, tomar cuidados com o sono, praticar técnicas meditativas ou exercícios físicos.


- Já um transtorno mental é um termo usado para descrever uma variedade de condições psicológico-psiquiátricas com reflexos emocionais e comportamentais, cuja intensidade, prejuízos e duração costumam ser bem maiores do que a dos problemas que citamos acima. Os transtornos mentais incluem os Transtornos de Ansiedade, de Humor, os Distúrbios

Alimentares, entre outros.


- Nesse estado (muito menos frequente que os estados de saúde e de problemas de saúde mental) a pessoa apresenta prejuízos mais debilitantes e começa a ter dificuldades de restabelecer um funcionamento saudável por conta própria. Felizmente, os transtornos mentais são diagnosticáveis e possuem diversos tratamentos eficazes; portanto, se você suspeita que está apresentando um quadro de transtorno mental, peça ajuda. Além disso, se você conhece alguém que está atravessando esse tipo de situação, ofereça apoio para que a pessoa possa encontrar ajuda especializada.


Mantenha tratamentos médicos e psicológicos


- Não há saúde física sem saúde mental; ao mesmo tempo, a saúde mental depende, até certo ponto, da saúde física. Portanto, a manutenção de cuidados médicos é fundamental para a saúde mental positiva.


- Por outro lado, no caso de tratamentos psicológicos (psicoterapias) e psiquiátricos que se iniciaram antes da pandemia, é muito importante que a pessoa entre em contato com os especialistas para descobrir alternativas que viabilizem a manutenção desses cuidados. Para se aprofundar um pouco mais nesse assunto utilize link.


Evite se automedicar


- Por mais que em momento de estresse você fique tentado a isso, tenha cuidado para não usar medicações sem supervisão médica.



Há uma frase muito difundida nas redes sociais que se aplica bem a esta necessidade: cuidar de quem cuida. Clique no botão abaixo e baixe, em primeira mão, o Guia Prático de Saúde Mental em Tempos da Covid-19 pois não há saúde sem saúde mental: #AmeSuaMente.


BAIXE O GUIA PRÁTICO AME SUA MENTE NAS ESCOLAS

Acompanhe nossas redes, estamos no Instagram e no Linkedin. Faça parte desse movimento e use a hashtag #AmeSuaMente.

Acompanhe nossas redes sociais

  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle

Faça parte desse movimento e use a hashtag #AmeSuaMente

Instituto Ame Sua Mente

Rua Marselhesa, 642

Vila Mariana, São Paulo, SP

CEP 04020-060

amesuamente@amesuamente.org.br